escre(VENDO) Poema

(2 semanas sobre} Tem vez

outubro 20, 2015

Tem vez que os olhos se cruzam
Que saem faíscas das mãos quando se esbarram
Tem vez que o olhar é solitário
Que as mãos nem chegam perto de se esbarrarem
Tem vez que o papo flui levemente
E que a risada é solta
Tem vez que o papo é monólogo
E que o riso não faz parte do roteiro
Tem vez que o querer é grande
E que o encontro super estimado
Tem vez que o querer não é poder
E que o encontro, utopia
Tem vez que o sim acontece
E que o sonho continua
Tem vez que o sim é só palavra
E o que o sonho termina
Tem vez que é paixão
E outras tantas, ilusão

{ 2 semanas sobre paixões | todo dia um poema }

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply